sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

VISITA AO CRIADOURO JOCA

FOTO: Joca sempre cercado pelas fêmeas 056, suas filhas e netas, Rabicó, São Bento Filha etc, e, dentre os galadores o Fugitivo, Matutinho e companhia. É muita raça de qualidade !

Olá, aproveitando a viagem, também no mesmo dia 23/12/2009, fizemos uma rápida visita ao Criadouro Joca (www.criadourojoca.com.br) do nosso amigo JOCA, localizado em Rio Claro/SP, forte berço da raça Matuto, como também do Guardião, Curumim, Xodó e Pavarotti, sendo certo que não vou me alongar porque o nosso amigo será um dos nossos entrevistados em breve.


Saliento que fomos muito bem recebidos pelo próprio Joca e sua simpática esposa Ivete, sendo que tivemos o prazer de termos a companhia também do nosso amigo Paulo Granna, criador do Pardo Medalha (Vice-Campeão Brasileiro 2009), que nos presenteou, após um espetacular rodízio em uma churrascaria que o Joca e esposa nos levou, com belas cantadas de repetição do seu Curió Chamorro, demonstrando que certamente no seu segundo ano de preto virá com tudo em 2010 para dar trabalho nas estacas, diante da tamanha categoria apresentada em suas várias apresentações na garagem da casa do Joca, ou na rua, seja na estaca ou não, com muita voz, bom andamento e melodia ao cantar um Selo Ouro.


Os detalhes não passaram despercebidos aos olhos deste visitante no Criadouro Joca, do falante ao tempo utilizado de tocagem do cd, bem como os locais estratégicos existentes no interior da residência para dar credibilidade ao que já virou rotina na vida desse criador, ou seja, apresentar anualmente alguns pardos cantando com categoria suprema e repetição o praia grande clássico no selo ouro.


Guardem esse nome, Curió Matutojoca (http://www.youtube.com/watch?v=YOsnlb4hXbo), que em sua primeira apresentação nas estacas dos torneios, no caso, na última etapa do brasileiro na SERCA, arrancou um segundo lugar no Praia Grande Clássico Com Repetição, deixando para trás monstros consagrados no clássico, estando o mesmo atualmente em mãos competentes de um grande amigo e curiozeiro que certamente o apresentará na próxima temporada de 2010.


Fiquem ligados, não percam a entrevista com o Criadouro Joca !


Feliz Natal para todos !

VISITA AO CRIADOURO MINEIRINHO

FOTO: Dimas, tendo ao seu lado direito o seu fiel amigo Denílson Lissoni.

Olá, esperamos que o natal esteja indo muito bem para todos e, aproveitando que estamos em casa ou junto de amigos e familiares, com tempo disponível para navegar na net, noticio aos amigos que estivemos no último dia 23.12.2009, juntamente com minha esposa, em visita pessoal no Criadouro Mineirinho do nosso amigo José Dimas Rodrigues.


Como de hábito para quem o já conhece, fomos muito bem recebidos tendo presenciado a primeira galada da nova aquisição Ouro Preto II (Ouro Preto x 768) que em seu primeiro ano de preto, ainda mantém penas pardas nas costas.


Para quem não sabe, saliento que o Ouro Preto é filho do Matuto 109 (Matuto II x 004) x Sete Xodó (Sete de Setembro x Xodó Neta), enquanto a 768 (Faraó x Esmeralda) é nada mais, nada menos, que irmã de ninho do Curió Muralha (Campeão Brasileiro no Pardo Com Repetição em 2007; Campeão Brasileiro no Praia Grande Clássico Com Repetição http://www.youtube.com/user/APECEGO?aia=true#p/u/10/hLytSsyLrWM e Campeão dos Campeões na mesma categoria http://www.youtube.com/user/APECEGO?aia=true#p/u/13/ACkBLZFyw1k, ambos em 2008, assim como Campeão do I Encontro dos Campeões no Vale do Curió em 2009 http://www.youtube.com/user/APECEGO?aia=true#p/u/9/_vaSn8Vnn64).


A criação está de vento em popa nas belas e modernas instalações do Criadouro Mineirinho, que sem sombra de dúvidas servem de referência, tendo inovado recentemente com a aquisição de várias cabines acústicas do Edilson Guarnieri de tamanho personalíssimo em que cabem gaiolas criadoras e de piracicaba até o número 07, ficando todas em cima de um moderna e prática estrutura metálica com rodas que viabiliza a rápida e fácil mudança de ambiente, se necessário for.


Para maior conhecimento do criadouro do amigo Dimas, convido-os a acessarem neste blog a entrevista exclusiva que nos proporcionou.


Feliz Natal para todos !

O IBAMA E SUA ATUAÇÃO







Goiânia (22/12/2009). No decorrer de 2009, o Ibama em Goiás executou a Operação Delivery, que consiste na entrega de anilhas no domicílio dos criadores amadoristas, visando a redução do tráfico de animais silvestres e a falsa “legalização” por meio de anilhas falsificadas.



Esta operação foi realizada após a Operação Grilhões, ocorrida em 06/11/2008, desencadeada na Grande Goiânia, em conjunto com a Polícia Federal, com o objetivo de combater a ação de quadrilhas envolvidas em crimes contra a fauna silvestre, inclusive de espécies ameaçadas de extinção, principalmente, em relação ao tráfico destes animais, captura na natureza, falsificação de anilhas do Ibama, maus-tratos, comercialização e receptação de aves silvestres e exóticas silvestres sem a autorização do órgão competente, além de falsidade ideológica em relação ao Banco de Dados do Ibama.



Após a operação, foi constatada uma elevada taxa de falsificação de anilhas solicitadas no Ibama, uma vez que alguns criadores solicitavam e retiravam anilhas no instituto sem que nascimentos tivessem ocorrido em seus criadouros. Posteriormente, esses criadores produziam anilhas com a mesma numeração da retirada no Ibama, só que mais largas para anilhar pássaros adultos retirados ilegalmente da natureza, e, desta forma, “esquentavam” aves ilegais.



Com o início da Operação Delivery, as entregas de anilhas somente aconteciam com o criador encaminhando os filhotes ao Ibama, por determinação do Ministério Público (nos meses de novembro e dezembro), onde um servidor executava o anilhamento da ave.



Entretanto, após essa medida foi constatado que os registros de nascimentos estavam ocorrendo apenas para curió, bicudo e canário-da-terra (nos meses de novembro e dezembro). Então, iniciou-se a Operação Delivery em janeiro de 2009. Após o criador agendar no Setor de Fauna do Ibama-GO a entrega em suas residências (juntamente com realização de vistorias) de todas as anilhas solicitadas para qualquer espécie, exceto as três citadas acima. Excepcionalmente, parte das entregas de anilhas para curió, bicudo e canário também são realizadas nas residências dos criadores.



Esta ação reduziu drasticamente os pedidos e a entrega de anilhas (em média 80% quando comparada com as solicitações do ano anterior) o que demonstra o sucesso da operação. Em comparação com anos anteriores, 8.744 anilhas deixaram de ser entregues até o mês de novembro de 2009, conforme gráfico demonstrativo das entregas em 2009, comparado aos dados de 2007 e 2008.




Mirza NóbregaAscom/Ibama-GO



NOTA DO EDITOR: Aplaudimos de pé a iniciativa do IBAMA de entregar as anilhas à domicílio, contudo, o verdadeiro tráfico de animais silvestres se encontra espalhado por algumas feiras livres deste nosso imenso Brasil, o que é de conhecimento notório e reclama há anos um combate constante, assim como nas famosas e já conhecidas rotas do tráfico interestadual que liga o norte/nordeste ao sul/sudeste.




Desvios de condutas por parte de criadores devidamente cadastrados no IBAMA devem ser regularmente combatidos, sendo que constatada a ação ilícita de "legalizar" passeriformes oriundos da natureza com anilhas falsificadas ou não, devem, depois do natural percurso do devido processo legal, comprovada a ilegalidade praticada, terem a sua licença cassada.




Com efeito, o fato de alguns criadores solicitarem as anilhas e as receberem sem que tenham ainda nascidos os filhotes, por si só, caracteriza bom senso e não qualquer conduta ilegal, até porque o IBAMA não cumpre com a sua parte em entregar as anilhas 25 dias após a efetiva comprovação do pagamento do boleto para a aquisição, nos termos do Manual do SISPASS.


Ora, sendo de sabença geral que os filhotes devem ser anilhados entre o 6º e o 10º dia de vida, sob pena de grave lesão no passeriforme ou total impossilibilidade desse procedimento após esse período, já que, no curió, a medida é de 2,6 mm de diâmetro, correta a solicitação antecipada de anilhas para evitar uma ação contrária à preservação da espécie, e até mesmo deixar o criador de boa fé descoberto com uma ou várias ninhadas de filhotes sem anilha, de forma a dar azo há multa administrativa pelo próprio IBAMA que deu ensejo a essa conduta com sua omissão, ou seja, não entregar a tempo e modo as anilhas solicitadas e pagas pelo criador regularmente cadastrado no Órgão.




Outrossim, sinceramente, essa obrigação do criador levar os filhotes ao IBAMA para obter as anilhas solicitadas e pagas a tempo e modo, só pode advir de quem nada sabe sobre criação de passeriformes, uma vez que é por demais contrária ao princípio da preservação da espécie, indo até mesmo de encontro às diretrizes básicas de proteção ao meio ambiente, bandeira que ostenta esse Órgão Federal.




Nessa linha de pensamento, não há como ficar deslocando filhotes em tenra idade (de seis a dez dias de nascido) até a sede da Regional do IBAMA mais próxima, sem que o risco eminente da própria sobrevivência dos filhotes se evidencie, já que os criadores amadoristas, em regra, não disponhem de qualquer ajuda de custo do governo como fomento ao tralhalho nobre de preservação da espécie ameaçada de extinção, carecendo muitas vezes de equipamento caro e especial para o transporte de filhotes recém nascidos que, no caso, de nada adiantariam, já que é público e notório que o IBAMA não possui estrutura adequada para o atendimento rápido e eficiente do público, ocorrendo eventualmente longas filas de criadores para serem atendidos, muitas vezes embaixo do sol quente e por várias horas, como recentemente ocorreu no IBAMA de São Paulo quando do forçado "recadastramento do recadastramento", em que se desconsiderou, acreditem, procurações passadas em cartório a tempo e modo do recadastramento de outrora que acabou sendo desconsiderado, exigindo-se de todos a presença pessoal e documentos com menos de cinco anos de emissão, como se a fé pública de uma carteira de identidade se expirasse com o tempo. Como dizia Boris Casoy, isso é uma VERGONHA !




O IBAMA tem ou deveria ter controle de todas as movimentações virtuais que o criador regularmente cadastrado no Órgão executa obrigatoriamente por meio do seu site, indo em cima, em especial, daquelas em que apresentam indícios da prática de irregularidades, em face dos milhares de criadores cadastrados, mas não generalizar e tratar a todos como se fossem traficantes ou criadores clandestinos, já que se subentende que todo aquele devidamente cadastrado quer andar dentro da lei, uma vez que a boa fé se presume e a má fé deve ser provada.





Os criadores regularmente cadastrados no IBAMA, reunidos, são mais de uma ou duas dezenas de milhares nos dias atuais, sem contar com evetuais empregados, familiares e famílias envolvidas na árdua tarefa de preservar todo aquele passeriforme em extinção ou ameaçado de extinção, merecendo respeito para serem tratados com dignidade, até que se consiga se separar o joio do trigo, cabendo a esse importante e salutar Órgão do Meio Ambiente atuar sem arbitrariedades, até porque os seus agentes podem responder criminalmente por abuso de autoridade, nos termos da Lei 4.898/1965.





2010 é ano de eleição, cabendo aos milhares criadores devidamente cadastrados depositar os seus votos naqueles que nos poderão efetivamente representar no Poder Legislativo, dando um basta em qualquer ação ou omissão que não respeite os basilares princípios da dignidade da pessoa humana e da igualdade, este que se expressa em tratar os iguais na medida de suas desigualdades.





Feliz ano novo para todos !

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

ENTREVISTA: CRIATÓRIO PAULO GRANNA



Olá, hoje estamos apresentando a vcs a importante entrevista com o nosso amigo e criador amadorista de passeriformes Paulo Granna, da bem situada Cidade de Rio Claro/SP, localizada na região de Campinas, a 240 km do porto de Santos, 85 km do Aeroporto Internacional de Viracopos, 200 km do Aeroporto Internacional de Guarulhos e a 157 km em linha reta (e 173 km por rodovia) da capital paulista. Confiram abaixo:


CC&T - Quando começou a criar ? Iniciou logo com curiós ou não ? É criador amadorista ou comercial ? Há quanto tempo ?

PG - Cuido de passarinhos desde criança, acredito que desde os seis ou sete anos. Quando criança caçava passarinhos no mato. Comecei criar canários e em 1985 comecei a criar curiós com um casal que ganhei do meu Avô que também era criador de curiós. No início foi difícil pois eram fêmeas mateiras e não se tinha as facilidades que se tem hoje, já que ainda não conhecíamos o manejo correto e também não tínhamos os produtos que temos hoje, tanto para alimentação como também medicação para curar e prevenir doenças,sendo que à época quando criávamos dez filhotes numa temporada já achávamos o máximo.

Hoje sou um criador amadorista e venho adquirindo experiências nestes mais de 20 anos na lida com os curiós.

CC&T - Descreva para nós como é a estrutura do seu criadouro/criatório, no que diz respeito a compartimentos da criação, ou seja às suas instalações propriamente ditas ?

PG - São quatro os ambientes que utilizo em minha criação:
- Tenho dois criatórios em imóveis, aonde ficam os galadores e aonde as fêmeas são galadas ,chocam e tratam os filhotes até o 3º dia após o nascimento.
- Na minha residência as fêmeas são levadas com os filhotes com 3 dias de vida e ficam em um cômodo reservado só p/ fêmeas tratando filhotes. Após o desmame, os filhotes machos continuam em minha casa e as fêmeas voltam p/ o criatório.

CC&T - O seu plantel é formado por quantas fêmeas e machos ?
PG - Atualmente estou com vinte e quatro fêmeas e seis galadores.

CC&T - Geneticamente falando, qual a base da raça com que trabalha ?
PG - A base de minha criação é a raça Matuto. Em todas a fêmeas tenho sangue Matuto entre os galadores a maioria também tem sangue Matuto e tenho um galador Soberano que não tem Matuto em sua genética. Embora a força seja Matuto, minhas fêmeas e galadores trazem também em sua genética Guardião,Pavarot,Soberano,Xodó,Curumin e outros.

CC&T - A sua criação é voltada exclusivamente ou não para curiós Praia Grande Clássico ?

PG - Sim minha criação é voltada para o canto praia grande clássico e sempre buscando filhotes com qualidades necessária p/ se apresentar em torneios de canto,ou seja disposição,voz,melodia e andamento.

CC&T - Conte para nós como se dá o seu trabalho de vetorização de canto, englobando a questão de CD, ambiente, falante e o manejo propriamente dito ?

PG - Os filhotes machos ficam em minha residência como já havia dito. O método que utilizo é deixar os filhotes juntos e ir separando aqueles que não demonstram as qualidades desejadas. O CD que utilizo é o Selo Ouro e também o meu Curió CHAMORRO fica cantando p/ o filhotes.


CC&T - O desmame vc costuma realizar com que idade do filhote ?

PG - 35 dias

CC&T - Quando normalmente vc começa e para de criar a cada temporada ?
PG - Começo em setembro e paro em janeiro

CC&T - Nos diga algumas de suas principais fêmeas e galadores, bem como se possível as suas ascendências ?
PG - Não citaria uma fêmea especifica, pois várias delas tem apresentado bons resultados,citaria sim a raça matuto que ao meu ver, se bem trabalhada, nos da um resultado muito bom.


CC&T - Tem algum curió da sua criação que já tenha sido revelação ? Em caso positivo cite para nós o seu nome, genética e eventual conquista ?

PG - No passado foi o Curió SONHO MEU, atualmente poderia citar o Curió Pardo MEDALHA (http://www.youtube.com/user/APECEGO#p/a/f/0/-ODOMvokFcI) que demonstrou suas qualidades no atual campeonato brasileiro, com apresentações e colocações no com e sem repetição, mas terminando o certame nacional como vice-campeão com dois pontos atrás do campeão (http://www.febraps.org.br/v3/Torneios/Campeoes/Campeões%20Curió%202009.pdf), apesar de ter iniciado as suas apresentações na metade do brasileiro, quando já haviam ocorrido quatro etapas.


CC&T - Como criador regularmente cadastrado no IBAMA, seja amadorista ou comercial, mas preservacionista por excelência, vc tem enfrentado algum tipo de problema no relacionamento com a Autarquia ?

PG - Não posso falar que estou, pois vejo com bons olhos as medidas tomadas pelo Ibama que por estas medidas irão separar o Joio do Trigo.

CC&T - O que pode sugerir para aqueles que estão começando ou pretendendo começar a criar curiós ?

PG - Tanto para quem está começando uma criação ou para quem pretende trabalhar com canto ao meu ver só tem uma receita:

a) Paciência
b) Dedicação
c) Observação.


CC&T - Quais são as suas últimas palavras que gostaria de dizer para os nossos leitores ?

PG - Gostaria primeiramente de agradecer ao amigo por ter aberto este espaço para nós criadores divulgar e tentar passar para os leitores algo sobre nosso manejo e experiências.
Agradecer também a essa ave maravilhosa que é o Curió que vem durante todos estes anos me dando muitas alegrias e me ajudando a colecionar amigos.
Também não poderia deixar de agradecer ao meu amigo e professor Joca que me fez entender o valor da genética e do manejo correto na criação de curiós.

Feliz 2010 para todos !

(19) 9779.0920


FOTO: Da esquerda para direita: O Criador Paulo Granna do Pardo Medalha, recebendo o prêmio pela conquista do vice campeonato brasileiro 2009, juntamente com este editor/expositor e o nosso amigo Antonio Pereira, Coordenador de Canto de Curió Praia Grande.


BOAS FESTAS E FELIZ 2010 !



Caros leitores e amigos,



Ainda ontem iniciamos o ano e já estamos em seu término. Como o tempo voa e às vezes nem damos conta disso, sempre pensando no amanhã, muitas vezes sem viver devidamente o hoje.


É certo que o amanhã, para os que acreditam, a Deus pertence, assim como que na vida só temos o controle do agora, não mais do ontem e nem do amanhã. Por isso, sempre digo que devemos viver o hoje, sem esquecer do passado, mas pensando no futuro.


Lembrem-se, errar é humano, mas insistir no erro é burrice. O burro não aprende com os erros, o inteligente aprende, enquanto o sábio aprende com os erros dos outros.


Cabe a nós, tão somente a nós, dentro do nosso livre árbitrio, escolhermos o filme da nossa vida que se inicia com o nascimento e termina com a nossa morte, cientes que as manchas que houverem na película nunca saíram, embora o filme da vida continue, cabendo a nós escolhermos o nosso papel como protagonistas.



Desejamos a todos, de coração, boas festas e um feliz ano novo, com muitas realizações pessoais, profissionais e aladas, sempre com muita saúde, paz e felicidades.



O EDITOR

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

ENTREVISTA: CRIATÓRIO MARÍLIA





Olá, dando prosseguimento ao programa de entrevistas, agora entrevistamos o nosso amigo pessoal e criador Luiz Sérgio da Silva, mas conhecido como Serginho Cabeça Branca ou Serginho de Marília, do Criatório Marília (http://www.serginhomarilia.com.br/ ), localizado na bem situada cidade de mesmo nome no Estado de São Paulo, há 450 km da capital, conhecida por muitos como berço de criadores de curió de renome. Confira a entrevista abaixo.

CC&T - Quando começou a criar ? Iniciou logo com curiós ou não ? É criador amadorista ou comercial ? Há quanto tempo ?

LSS - Sempre criei pássaros desde os 7 anos de idade. Comecei a criar curiós em 1990. Criei de sócio por 3 anos, depois iniciei uma criação pequena com 10 fêmeas e 2 machos. Tornei-me criador comercial 2004.



CC&T - Descreva para nós como é a estrutura do seu criadouro/criatório, no que diz respeito a compartimentos da criação, ou seja às suas instalações propriamente ditas ?

LSS - O criatório esta construído em um terreno de 175 metros quadrados, constituindo-se de uma sala de 8mts x 3.50 onde fica as fêmeas e um sala de 350 x 350 para os machos. O berçário fica em minha residência, que é bem próximo, onde ficam as fêmeas com os filhotes.



CC&T - O seu plantel é formado por quantas fêmeas e machos ?

LSS - São 60 fêmeas e 20 machos.


CC&T - Geneticamente falando, qual a base da raça com que trabalha ?

LSS - A raça que trabalho é a raça do Zulu hoje tenho os descendentes dele.



CC&T - A sua criação é voltada exclusivamente ou não para curiós Praia Grande Clássico ?

LSS - Sou apaixonado pelo canto praia clássico faço todo o trabalho que precisa ser feito para isso garças a Deus já tive bons resultados.


CC&T - Conte para nós como se dá o seu trabalho de vetorização de canto, englobando a questão de CD, ambiente, falante e o manejo propriamente dito ?

LSS - Os filhotes são transportados para o berçário com 3 dias de vida onde ouve um CD selo laranja com o andamento um pouco acelerado com três samaritás uso um falante mid range de 90 watts tocando 20 x 40, sendo que quando esta desligado entra o radio FM. Quanto ao CD que uso, a minha opinião é que o filhote precisa aprender as notas por isso não toco com repetição acho que o resto será dele e depende muito da genética.


CC&T - O desmame voce costuma realizar com que idade do filhote ?

LSS - Separo os filhotes dos 33 aos 35 dias de vida.


CC&T - Quando normalmente voce começa e para de criar a cada temporada ?

LSS - Em julho já começo a colocar os ninhos. Os primeiros filhotes nascem em agosto e paro no final de janeiro.



CC&T - Nos diga algumas de suas principais fêmeas e galadores, bem como se possível as suas ascendências ?

LSS - Procuro selecionar bem minhas fêmeas conhecendo a raça. Tenho mais de 60 fica difícil falar porque acredito muito nelas.
Entretanto, vou citar algumas, como: Vissol; Sereninha; Mabel; Carióca; Guamel; Badá; Bazé;Tóta;Tinóca; Canarinha; Matuta-319; Carola filha; Luminosa, em fim, são muitas.
Os galadores são Brindex; Matuto Neto; Trovoada; Zulu Junior; Zulu 43; Arauna; Pitizul; Caiua; Taquaral Netuno 280; Joara e mais.


CC&T - Tem algum curió da sua criação que já tenha sido revelação ? Em caso positivo cite para nós o seu nome, genética e eventual conquista ?
LSS - O saudoso Curió Cabeça Branca filho do Zulu x Primavera campeão brasileiro clássico com repetição em 2004. Curió Aleluia pardo sem repetição campeão em 2007. Curió x Volverine 5º colocado no torneio campeão dos campeão em 2007


CC&T - Como criador regularmente cadastrado no IBAMA, seja amadorista ou comercial, mas preservacionista por excelência, vc tem enfrentado algum tipo de problema no relacionamento com a Autarquia ?

LSS - Como criador comercial tenho que cumprir todas as normas sem falha, como entrega de relatórios, emitir notas ficais corretas e outras regras. Com questão da nota fiscal, ainda há algumas dúvidas porque cada escritório do Ibama aceita de forma diferente. Falta muita informação sendo que a nota fiscal é um documento com origem do pássaro legal e na minha opinião o pássaro que tem nota fiscal não precisa ser registrado no amador.



CC&T - O que pode sugerir para aqueles que estão começando ou pretendendo começar a criar curiós ?

LSS - Sugiro que se for criar procure sempre criadores sérios que realmente cultivou genética. Assim, vá adquirir aves com genética já trabalhada, com vários anos cultivado. Se for curió para canto clássico, procure criadores com manejo certo


CC&T - Quais são as suas últimas palavras que gostaria de dizer para os nossos leitores ?

LSS - Como falei no começo, sou criador de pássaros desde criança para criar pássaros tem que ter responsabilidade com ele. Nunca adquirir pássaros mateiros, só de criação doméstica e, por fim, tem que gostar muito, tem que ter amor com eles, lembrando que está em uma gaiola e você tem que entender o que ele esta precisando. Lembre-se que tem pessoas sérias que realmente leva a sério o seu hobby. Honestidade é a palavra correta.


FORTE ABRAÇO A TODOS !


Serginho de Marília - Fones: (14) 3454-7635 / 9721-8563
serginhomarilia@hotmail.com
contato@serginhomarilia.com.br
http://www.serginhomarilia.com.br/

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

CRIADOR - MULTA AMBIENTAL - REVOGAÇÃO/ANULAÇÃO


PROCESSO Nº 2008.80.00.004816-5 (http://www.trf5.jus.br/processo/2008.80.00.004816-5)


APELAÇÃO CÍVEL (AC473016-AL)
AUTUADO EM 21/05/2009
ORGÃO: Terceira Turma
PROC. ORIGINÁRIO Nº 200880000048165
Justiça Federal - AL
VARA: 4ª Vara Federal de Alagoas (Competente p/ Execuções Penais)
ASSUNTO: Revogação/Anulação de Multa Ambiental - Meio Ambiente - Administrativo


-------------------------------------------------------------------------------------------------------

FASE ATUAL:27/11/2009 19:01Publicação
COMPLEMENTO:
ÚLTIMA LOCALIZAÇÃO:
Divisão da 3ª Turma

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

APTE:KARLUCIO SANTOS SILVA
Advogado/Procurador :MARIO NELSON MENDES AYRES - AL003221

APDO:IBAMA - INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS
Representante:PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE

RELATOR:DESEMBARGADOR FEDERAL VLADIMIR SOUZA CARVALHO
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

NÃO EXISTEM PETIÇÕES AGUARDANDO JUNTADA

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
Em 27/11/2009 19:01

Publicação de Acórdão
[Inteiro Teor]

expediente ACO/2009.000070 Publicado em 30/11/2009 00:00 (MPUB)
Em 27/11/2009 19:00

Disponibilização de Acórdão

expediente ACO/2009.000070 em 27/11/2009 17:00 (MPUB)
Em 27/11/2009 15:59

Remessa para disponibilização no Diário Eletrônico Publicação

expediente ACO/2009.000070 () (M5231)
Em 29/09/2009 15:10

Recebimento Interno de Gabinete Desembargador Federal Vladimir Souza Carvalho

[Guia: 2009.001283] (L502)
Em 24/09/2009 16:51

Acórdão Desembargador(a) Federal Relator(a)

[Publicado em 27/11/2009 19:00] [Guia: 2009.001283] (M282) (Ementa)Processual Civil e Administrativo. Mandado de segurança atacando ato do IBAMA que, em inspeção ao criatório de pássaros (curió) do impetrante, criador de passeriformes autorizado [pelo IBAMA], ao constatar a presença de quarenta pássaros, quando deveria existir setenta e um, aplicou-lhe a multa de R$ 35.000,00, a apreensão dos pássaros remanescentes e a cassação de seu registro de criador.


1. Ato atacado calcado no art. 24, § 3o., inciso III, da Lei 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, conferindo ao criadouro do impetrante, com endereço declarado perante o IBAMA, a condição de cativeiro ou de depósito, o que não é admissível.


2. Ao criador de pássaro, quando constatada qualquer irregularidade formal, como no caso, deve ser concedido o direito de justificar-se e de regularizar-se, não sendo admissível ser tratado como se fosse um comerciante clandestino de espécimes de fauna nativa.


3. Ato ilegal e arbitrário, que deve ser cassado, na forma perseguida na inicial.


4. Provimento do recurso.


(Acórdão)Vistos, etc. Decide a Egrégia Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, por unanimidade, dar provimento à apelação, nos termos do relatório, voto e notas taquigráficas constantes dos autos.Recife (PE), 24 de setembro de 2009.(Data do julgamento)Desembargador Federal Vladimir Souza CarvalhoRelator


Em 24/09/2009 08:30

Julgamento - Sessão Ordinária

[Sessão: 24/09/2009 08:30] (M597) A Turma, por unanimidade, deu provimento à apelação, nos termos do voto do relator. Participaram do julgamento os Exmos. Srs. Desembargadores Federais Paulo Roberto e Germana Moraes, convocada.Sustentação oral: advogado Mário Nelson - OAB/AL 3.221.
Em 15/09/2009 08:26

Publicação de Pauta de Julgamento

expediente PAUTA/2009.000038 Publicado em 15/09/2009 17:00 (MPS)
Em 15/09/2009 08:25

Disponibilização de Pauta de Julgamento

expediente PAUTA/2009.000038 em 14/09/2009 17:00 (MPS)
Em 14/09/2009 12:46

Remessa para disponibilização no Diário Eletrônico Publicação

expediente PAUTA/2009.000038 () (M662)
Em 11/09/2009 14:27

Inclusão em pauta - Sessão Ordinária

[Sessão: 24/09/2009 08:30] [Publicado em 15/09/2009 08:25] (M1111)
Em 02/06/2009 16:06

Recebimento Interno de Distribuição

[Guia: 2009.004364] (M1111)
Em 27/05/2009 15:31

Conclusão a(o) Desembargador(a) Federal Relator(a)

[Guia: 2009.004364] (M5309)
Em 27/05/2009 15:30

Distribuição por Sorteio Automático

(M5309)

COMENTÁRIOS DO TORNEIO DOS CAMPEÕES

2ª ETAPA DO TORNEIO DE CAMPEÕES - 13.12.2009 – SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP



A ORGANIZAÇÃO


Muito bem organizado pela direção da SOCIEDADE ORNITOLÓGICA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, aconteceu a final da temporada 2009 de Canto de Curiós, no hotel Ypê em São José do Rio Preto, com a realização da 2ª etapa do Torneio dos Campeões. Tivemos estrutura muito boa de acomodação, alimentação e de julgamento, de forma que parabenizamos os organizadores, por terem propiciado um final de semana maravilhoso e inesquecível, aos amigos de Curiós.

O JULGAMENTO

A equipe de julgamento, como sempre faz, apurou os Campeões, de forma tranqüila, sempre obedecendo e prevalecendo as determinações do Regulamento 2009 – Canto de Curiós, nesta abordagem, no que diz respeito ao Sistema de Atribuições de Notas.

É muito importante salientar, que a Classificação dos Torneios do Campeonato Brasileiro, bem como do Torneio dos Campeões, foram feitas com imparcialidade, lisura, ética e honestidade, embora feito por humanos e sujeito a erros.

Essa imparcialidade fica aparente ao verificarmos que o Campeão Brasileiro e do Torneio dos Campeões, modalidade Curió Clássico com repetição, tem o seu criador, e o proprietário residentes no Estado do Paraná. O criador e proprietário do Campeão do Torneio dos Campeões de Pardo com repetição é residente no Estado do Rio de Janeiro. O Campeão do Campeonato Brasileiro de Pardo, pertence ao jovem Lucio, de Vinhedo, que é iniciante em nosso meio.

SISTEMA DE ATRIBUIÇÃO DE NOTAS

Quero lembrá-los de que os cinco principais requisitos (item 6.1. do regulamento) são as Colocações de notas, Voz de praia, Melodia, Andamento e Apresentação. À cada um deles é atribuída a nota de 0 a 10, cujo somatório é dividido por 5. Matematicamente, pode-se atribuir de 0 a 2 para cada requisito e somá-los.

No item 3.1., é determinado que, devem ser considerados para efeito de atribuição de notas, análise de coesão e harmonia, além dos requisitos citados no item 6.1., os quesitos como notas mais longas, passagem de canto com balanço e arremates.

A repetição está inserida no requisito Apresentação, juntamente com a disposição, conforme se pode notar no item 3.1.8., e confirmado no item 4.4.d (clássico) e 4.5.d (pardo), “Após passar por repetidor, não será necessário continuar contando as demais repetições, no entanto, todas as repetições serão consideradas para efeito de nota, no quesito apresentação”. Portanto, a repetição pode compor em até 10% da nota final atribuída. Não se constitui por si só, fator determinante para a nota final.

Além disso, atentamos para o número de batidas de praia, cujas emissões com duas notas são obrigatórias, e são consideradas para efeito de colocação de notas, e as emissões com mais de duas notas são consideradas para efeito de apresentação.

Obviamente que o curió precisa se apresentar pelo menos na quantidade de cantada mínima prevista no Regulamento 2009, para que se possa analisar e atribuir notas dos 5 requisitos citados, bem como para classificação da modalidade (com ou sem repetição).


OS MELHORES

CLÁSSICO COM REPETIÇÃO

Média final de 8,43

PROFESSOR: O campeão do Campeonato Brasileiro se apresentou muito bem, e conquistou também o Torneio dos Campeões, com muito mérito. Em sua apresentação, demonstrou um grande equilíbrio dos 5 requisitos qualitativos, constituindo-se no melhor curió da temporada.

Média Final de 8,19

MARAJÁ SANTO ANDRÉ: Qualificou-se como repetidor, nas duas etapas do Torneio dos Campeões, e agrega em seu currículo, o Vice-Campeonato do Torneio dos Campeões de 2009. O seu canto caracteriza-se pela boa voz, notas alongadas e bem pronunciadas, melodioso, coloca bem as notas, faz passagens de até com 5 batidas de praia, com tonalidade muito boa se ouvir. É uma das melhores cantorias do momento.

Média Final de 8,18

RIO DO SUL: É também, sem dúvida, uma das melhores cantorias da atualidade. Entrada de canto bem pronunciada, voz muito boa, melodioso, andamento muito bom, batidas gostosas de ouvir, coloca bem as notas. Ficou em terceiro lugar, literalmente pela diferença mínima, como poderia ter ficado em posições melhores.

Média Final de 8,10

MURALHA: Um deslize, mesmo que seja quase que insignificante, acaba interferindo na classificação final, nesse tão disputado Torneio. Fez boas apresentações, porém poderia ter ficado em posição melhor, devido ao seu potencial. Continua sendo um dos raros talentos que já se apresentou em Torneios.

Média Final de 7,95

GARANTIDO: Fez boas apresentações, caracterizados pela riqueza em batidas de praia. Obteve uma pequena melhora em sua média de notas na segunda etapa, e classificou-se em quinto, lugar de destaque, pois somente os melhores conseguem se situar nessa classificação, cuja média de notas se situa na faixa de cantos ótimos.

Como podem notar, são esses, os cinco melhores deste ano de 2009, cada qual com suas características marcantes.


CLÁSSICO SEM REPETIÇÃO

Média Final de 6,80

PLATINA: Além da boa voz, disposição nas apresentações, bom andamento, emitir notas alongadas, a sua regularidade de se apresentar sempre se classificando na modalidade sem repetição, levou o Platina a conquistar o Primeiro lugar, tanto do Campeonato Brasileiro, como do Torneio dos Campeões, nas temporadas de 2008 e 2009, tornando-se, portanto, o Bi-Campeão de tudo na modalidade.

Média Final de 5,97

JANGADEIRO: Na árdua disputa entre o Platina e o Lua de Mel, pelo título do Torneio dos Campeões da modalidade, surgiu o Jangadeiro, "correndo por fora", e abocanhou o segundo lugar no Torneio dos Campeões. Apresentou-se melhor na segunda etapa, melhorando a sua média, e ficou pronto para as oportunidades, o que aconteceu.

Média Final de 3,63

LUA DE MEL: Pena. Havia feito uma boa apresentação na primeira etapa em São Paulo, com a média 7,27, e liderava a competição. Já iniciou a primeira cantada com quatro cantos, e a segunda cantada emitiu com cinco cantos, prenunciando a mudança de modalidade, o que não tardou a acontecer.
Assim, a média foi dividida por dois, e mesmo assim, se classificou em terceiro lugar.

Média Final de 2,80

APOLLO: Não se deu bem na primeira etapa do Torneio dos Campeões, em São Paulo, mas na segunda etapa apresentou-se bem. Embora tenha a sua nota de uma só etapa dividido por 2, obteve média para se classificar em quarto lugar. Ao proprietário, parabéns, pois, temos que competir mesmo. Pelo contrário, deixaria a posição de graça para o Fragata.

Média Final de 2,70

FRAGATA: Não se apresentou bem em São Paulo, pelo potencial que possui. Também não se apresentou em Rio Preto. Todavia, conseguiu média para ficar em quinto lugar.


PARDO COM REPETIÇÃO

Média Final de 7,61

EMBAIXADOR: Criado e dirigido pelo Sr. Mauricio de Abreu, de Nilópolis – RJ, encantou os julgadores que não haviam atuados na Categoria Praia Grande Pardo, neste ano, notadamente na 1ª Etapa do Torneio dos Campeões em São Paulo (outros já conheciam). Em minha opinião, não chegou a repetir a atuação de São Paulo, mas fez o suficiente para se tornar o Campeão do Torneio dos Campeões na modalidade com repetição.

Média Final de 7,22

YANKEE: Iniciou sua apresentação emitindo cantadas com muita repetição (12), porém, foi diminuindo. Com muitas perspectivas para o próximo ano, ficou com o Vice Campeonato do Torneio dos Campeões, após ter conquistado o Campeonato Brasileiro da Categoria.

Média Final de 6,63

BARACK: Apresentou-se melhor na 2ª Etapa, melhorando a sua média. Não foi o suficiente para melhorar sua classificação, mas conquistou o honroso terceiro lugar, no Torneio dos Campeões, após ter conquistado o Vice Campeonato neste ano.

Média Final de 3,34

JAGUAR: Apresentou-se somente na 2ª Etapa. A sua cantoria foi classificada na faixa de um bom canto. Porém teve a sua nota dividida por dois e se classificou em quarto lugar no Torneio.

Média Final de 3,30

SUPIMPA: Apresentou-se bem na primeira etapa, em São Paulo, qualificando-se na modalidade. Não repetiu na segunda etapa, e teve a sua média da primeira etapa dividida por 2, o que lhe deu o quinto lugar. Bom canto.


PARDO SEM REPETIÇÃO


Média Final de 4,35

XODOZINHO: Apresentou-se melhor em São Paulo. Porém conseguiu uma média que lhe desse o primeiro lugar na modalidade.

Média Final de 4,28

JOHN LENNON II: Fez duas apresentações semelhantes, sempre caracterizando como sem repetição, porém com várias cantadas de 3 cantos.

Média Final de 2,80

SÃO FRANCISCO: Qualificou-se como repetidor na 1ª Etapa, mas não confirmou essa condição na 2ª Etapa. Como foi melhor na 2ª Etapa, ficou com a qualificação de sem repetição.

ESPARTACUS: Esse curió de voz boa classificou-se muito bem na 1ª etapa em São Paulo. Porém na 2ª Etapa, não conseguiu qualificação para classificação. Pena. Ficou com a mesma média que São Francisco.

Média Final de 0,83

MONTE SIÃO: Não cantou em São Paulo. Qualificou-se para classificação na 2ª etapa em Rio Preto, o que lhe rendeu a 5ª posição da modalidade.


A todos um grande abraço, Feliz Natal e um Ano Novo repleto de boas cantadas de Curiós.


Junichi Yonemura.

domingo, 13 de dezembro de 2009

RESULTADO DO TORNEIO DOS CAMPEÕES

Foto: Da esquerda para direita: Mônica Pêcego, Paulo Granna, Vitor Padovan, Joca, Israel, Gabriel, Perla, Edinilson e esposa.

Olá, segue o resultado da 2ª Etapa do Torneio dos Campeões realizada nesta data (13/12/2009) na cidade de São José do Rio Preto/SP, em seguida o resultado final.



PRAIA GRANDE CLÁSSICO COM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA (MÉDIA)


1º - PROFESSOR - César Luiz Coser - 8,57
2º - MARAJÁ DE SANTO ANDRÉ - Antonio Vaz de Lima - 8,22
3º - RIO DO SUL - Carlos Roberto Mendes - 8,18
4º - PRETO ÚNICO - Cláudio Granai - 8,12
5º - GARANTIDO - Carlos Alberto P. de Andrade - 8,00
5º - MURALHA - Israel Iraides da Costa - 8,00
6º - LUAL DO VALLE - Carlos Alberto P. de Andrade - 7,40
7º - MARAJÁ - Luis Fernando Taranto Neves - 7,08
8º - LUA DE MEL - Laércio de Souza Vieira - 6,70
9º - RTC - Márcio Itamar Suptitz - 5,73



PRAIA GRANDE CLÁSSICO SEM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA (MÉDIA)

1º - PLATINA - Rafael Mangia - 6,37
2º - PEDÁGIO - José Eduardo Puzziello - 6,22
3º - JANGADEIRO - Osni Lázaro Borderes - 5,97
3º - CHOCOLATE - Israel Iraides da Costa - 5,97
4º - APOLLO - Marco Antonio Pizzaia - 5,60
5º - G.P. II - Edison Encina Gonzalez - 5,02


PRAIA GRANDE PARDO COM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA (MÉDIA)


1º - EMBAIXADOR -Maurício de Abreu - 7,50
2º - YANKEE - Lúcio Roberto Bergamin - 7,17
3º - BARACK - José Carlos Bernardinelli - 6,87
4º - JAGUAR - Stefano Renato Raymundo - 6,68 (http://www.youtube.com/watch?v=RdqMj-hbVkE)
5º - JOINVILLE - Sérgio Venâncio - 5,80



PRAIA GRANDE PARDO SEM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA (MÉDIA)


1º - SÃO FRANCISCO -Alexandre Cardoso Miguel - 5,60
2º - SUPIMPA -José Alberto Fávaro - 5,27
3º - MEDALHA -Antonio José F. de S. Pêcego - 5,23 (http://www.youtube.com/watch?v=2oI2haHEZfM)
4º - JOHN LENNON II - Edison Encinas Gonzalez - 4,30
5º - XODOZINHO - Valdeci Maciel Correa - 4,27
6º - MONTE SIÃO - Vitor Padovan - 1,67



RESULTADO FINAL DO TORNEIO DOS CAMPEÕES 2009:



PRAIA GRANDE CLÁSSICO COM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA (MÉDIA)


1º - PROFESSOR - César Luiz Coser - 8,43 (CAMPEÃO)
2º - MARAJÁ SANTO ANDRÉ - Antonio Vaz de Lima - 8,19 (VICE-CAMPEÃO)
3º - RIO DO SUL - Carlos Roberto Mendes - 8,18
4º - MURALHA - Israel Iraides da Costa - 8,10
5º - GARANTIDO - Carlos Alberto P. de Andrade - 7,95
6º - PRETO ÚNICO - Cláudio Granai - 7,85
7º - LUAL DO VALLE - Carlos Alberto P. de Andrade - 7,30
8ª - MARAJÁ - Luis Fernando Taranto Neves - 6,60
9ª - RTC - Márcio Itamar Suptitz - 6,55
10º-CHOCOLATE - Israel Iraides da Costa - 3,53



PRAIA GRANDE CLÁSSICO SEM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA (MÉDIA)


1º - PLATINA - Rafael Mangia - 6,80 (CAMPEÃO)
2º - JANGADEIRO - Osni Lázaro Borderes - 5,68 (VICE-CAMPEÃO)
3º - LUA DE MEL -Laércio de Souza Vieira - 3,63
4º - APOLLO - Marco Antonio Pizzaia - 2,80
5º - FRAGATA - João Carlos Clemente - NCO



PRAIA GRANDE PARDO COM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA (MÉDIA)


1º - EMBAIXADOR - Maurício de Abreu - 7,61 (CAMPEÃO)
2º - YANKEE - Lucio Roberto Bergamin- 7,22 (VICE-CAMPEÃO)
3º - BARACK - José Carlos Bernardinelli - 6,63
4º - JAGUAR - Stefano Renato Raymundo - 3,34
5º - SUPIMPA - José Alberto Fávaro - 3,30
6º - MEDALHA - Antonio José F. de S. Pêcego - 3,12
7º - JOINVILLE - Sérgio Venâncio - 2,90



PRAIA GRANDE PARDO SEM REPETIÇÃO:

COLOCAÇÃO - CURIÓ - EXPOSITOR - NOTA


1º - XODOZINHO - Valdeci Maciel Correa - 4,35 (CAMPEÃO)
2º - JONH LENNON II - Edison Encina Gonzalez - 4,28 (VICE-CAMPEÃO)
3º - SÃO FRANCISCO - Alexandre Cardoso Miguel - 2,80
4º - ESPARTACUS - Glauco Favaro - FP
5º - MONTE SIÃO - Vitor Padovan - 0,83



NOTA DO EDITOR: Gostaria de externar o nosso agradecimento especial aos amigos e criadores Pedro Amaro de Belém do Pará e Herbert Ferreira Lopes de Manaus, que nos abrilhantaram com suas presenças nesta última etapa do Torneio dos Campeões, sendo cerimoniados pelo nosso, não menos amigo do peito, Joca do Criadouro Joca (http://www.criadourojoca.com.br/). Realmente o curió (amigo do homem) faz com que haja união e aproximação entre os curiozeiros. Parabéns !!!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

TORNEIOS !





Olá, estamos a um passo do último torneio da temporada do brasileiro, a final do Torneio dos Campeões no próximo dia 13/12/2009 em São José do Rio Preto/SP, de canto individual de curió praia grande clássico e pardo.

A sensação de que no próximo domingo se encerra a temporada é extremamente estranha, pois começa a surgir um vazio dentro de nós, uma certa tristeza difícil de ser compreendida por todos nós que respiramos na alta temporada (setembro à dezembro) de todo ano o circuito brasileiro de torneios de canto de curió.



O curió literalmente interage com o dono como nenhum outro passeriforme, talvez por isso na língua tupi-garani signifique "amigo do homem", diante da tamanha proximidade que acaba surgindo entre ambos, diferentemente de qualquer outro pássaro.



Em regra, toda a alta temporada viajamos de carro para participar de todos os torneios do brasileiro, algo em torno de 25.000 km de estradas, em grande parte das vezes só tendo como companhia o nosso curió e Deus.



Para quem não está acostumado, é duro, muito duro percorrer todos esses kilômetros, mas como o uso do cachimbo faz a boca torta, com o tempo vamos nos habituando de tal forma que ficar em casa um final de semana sem torneio, acreditem, é por demais tortuoso, parece que está faltando algo, no caso, justamente reencontrar os amigos para confraternizar e trocar idéias, bem como ver nossos alados cantando com categoria nas estacas dos torneios, ainda que seja por tão pouco tempo.



É claro que tudo isso só é possível quando há compreensão e apoio da família que verdadeiramente, sem egoísmos, quer o seu bem-estar, na certeza que vc passará uma semana seguinte com mais saúde junto deles, com mais forças para enfrentar o batente do dia-a-dia.



Dos doze meses do ano, são só cerca de quatro meses que se fica viajando para os torneios, com a possibilidade da esposa e/ou filhos fazerem companhia para acabarem conhecendo cidades e torcer pelo seu sucesso, num verdadeiro exercício de companheirismo e fortalecimento da união.



A alegria e satisfação que o dono do curió sente quando o mesmo faz uma bela apresentação nas estacas dos torneios é indescritível, sendo que logo em seguida voltamos para casa, muitas vezes rodando mais de 500 km, cansados, com sono, esfomeados, mas realizados.



Bem, superada a alta temporada dos torneios, começa a de vetorização e encartamento do canto desejado dos filhotes nascidos nessa época de reprodução, sempre na esperança de termos para a temporada seguinte de torneios um pardo cantando com categoria e competitivo, ou seja, verificamos que apenas mudamos o foco de atuação ou manejo.


Em outra frente, cumulativa ou não com a anterior, o curiozeiro procura fazer com que o seu curió faça uma boa muda de penas, para iniciar o trabalho de preparação para a nova temporada.


Engano daquele que pensa que o manejo para torneios só se inicia algum tempo antes do início da temporada, quando se sabe que se inicia no preparo do curió para fazer a muda de penas na época certa, na impossibilidade, no importante trabalho de pós-muda que antecede a temporada de reprodução e também de torneios do campeonato brasileiro.



Já se foi o tempo em que os detalhes não faziam a diferença. Atualmente o nível dos competidores e dos curiós subiu tanto em face do trabalho aprimorado que a tecnologia e o apuramento genético por parte dos criadores proporcionam, que de fato os detalhes podem fazer a diferença, a começar pelo sistema de pontuação atual em que um ponto pode decidir o campeonato.



Portanto, quanto mais o curiozeiro conhecer o seu próprio curió, for mais estrategista e detalhista, com certeza estará levando uma vantagem imensurável com relação aos demais competidores, de nada adiantando se dizer que se deve fazer isso ou aquilo, porque cada curió é um curió que reclama interação com o seu dono para se extrair o melhor possível dele nos momentos de interesse, embora hajam regras básicas e outras dicas que só a experiência hodierna e a troca de idéias com os mais experientes nos permitirá conhecer.



Sucesso para todos !




O Editor

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

ENTREVISTA: CRIADOURO BARCELONA


Olá, dando continuidade as entrevistas de criadores de curió voltados para o canto praia grande clássico, hoje nós entrevistamos o jovem criador amadorista de passeriformes e amigo Iberê Mantovani do Criadouro Barcelona, da Cidade São Caetano do Sul em São Paulo, o que nos faz lembrar um importante time de futebol. Com um plantel de primeira, nos prestigiou nesta temporada com sua participação no campeonato brasileiro na categoria dos pardos, com um curió de sua criação, esperando que nas próximas esteja sempre presente com suas crias para nos abrilhantar. Confira agora essa importante entrevista.



CC&T - Quando começou a criar ? Iniciou logo com curiós ou não ? É criador amadorista ou comercial ? Há quanto tempo ?

IM - Aos 8 anos de idade comecei com a criação de canários do reino. Os anos se passaram e os compromissos com estudo e trabalho me impossibilitaram de criar/manter pássaros em casa, minha vontade era criar silvestres/nativos, em especial, o CURIÓ.
Apenas na temporada 2005/2006, após completar os estudos, com tempo para criar e me dedicar, adquiri o primeiro casal de curió. Somente na temporada 2006/2007 (com mais 2 feminhas), exatamente em 17/11/2006, nasceu o primeiro filhote de curió do CRIADOURO BARCELONA. Sou criador amador desde 2005, quando efetuei o cadastro no IBAMA/SISPASS.


CC&T - Descreva para nós como é a estrutura do seu criadouro/criatório, no que diz respeito a compartimentos da criação, ou seja às suas instalações propriamente ditas ?

IM - Aqui eu possuo duas salas distintas para criação:
A primeira, um ambiente para os galadores e fêmeas em processo de apronte/choco e a segunda sala (maternidade) vão os filhotes após o terceiro dia de vida, longe o bastante uma da outra para não haver interferência de cantos indesejáveis. Após o desmame, os filhotes vão para outro local, dando continuidade ao aprendizado no dialeto praia grande clássico.


CC&T - O seu plantel é formado por quantas fêmeas e machos ?

IM - Atualmente, em parceria com o amigo Idalécio, possuímos um total de 14 fêmeas e 4 machos em atividade/processo de criação, com muita qualidade genética e resultados comprovados.


CC&T - Geneticamente falando, qual a base da raça com que trabalha ?

IM - Matuto, Guardião, Curumim, Xodó e Soberano, raças consagradas e que ainda estão dando resultados. Aqui cabe uma observação: 50% de nossas matrizes (fêmeas) são irmãs de ninho de pardos/pretos que aprenderam a cantar, demonstrando facilidade no aprendizado e repetição, nossa meta á atingir 100% dessas qualidades que todos nós almejamos, não será tarefa fácil mas esse é o nosso objetivo.


CC&T - A sua criação é voltada exclusivamente ou não para curiós Praia Grande Clássico ?

IM - Sim, totalmente voltada para o canto praia grande clássico.


CC&T - Conte para nós como se dá o seu trabalho de vetorização de canto, englobando a questão de CD, ambiente, falante e o manejo propriamente dito ?

IM - Bom, como dito anteriormente, os filhotes no 3º dia de vida vão para outra sala totalmente isolada, sem a presença de cantos indesejados, para assim, iniciar o processo de instrução/vetorização. A partir daí, utilizamos o selo prata 30 anos extraído do vinil (Moretti), editado pelo amigo e também criador João Lucon. Aqui, utilizamos o cd mesclando cantadas sem e com repetição (3, 3, 3, 5, 7 samaritás) num tempo de 20 min ligado e 60 min desligado, com intervalo entre as cantadas de 1min30seg. Após o desmame, alguns filhotes vão para minha casa ou casa de parentes e a partir desse momento serão avaliados um a um. Outros filhotes vão para casa de amigos, testando assim as combinações genéticas efetuadas ao longo da temporada.


CC&T - O desmame vc costuma realizar com que idade do filhote ?

IM - Do 35º ao 40º dia de vida, vai depender de cada filhote.


CC&T - Quando normalmente vc começa e para de criar a cada temporada ?

IM - Normalmente começo em setembro/outubro e vou até final de fevereiro/março, sempre respeitando 5 a 6 meses de criação.


CC&T - Nos diga algumas de suas principais fêmeas e galadores, bem como se possível as suas ascendências ?

IM - Bom aí vai:



GALADORES:

Suruí (demonstrando ser um grande raçador) = Matuto III (Matuto II x 029) x Roxa Velha (fêmea comparada a grandes raçadoras como Rosa, Brasileira, Dayana, etc)
Matubra = Pintado do Idalécio (Matuto Velho x Rosa) x Brasileira do Idalécio (Matuto Velho x Brasileira)

MATRIZES:

Presente 016 = Pintado do Idalécio (Matuto Velho x Rosa) x Curumim 041 (Guardião 11 que vem a ser irmão do Pintado do Criadouro Ipê Roxo, Curumim, 068 do Dário, Matuto e Xodó Velha)
Curumim 041 = Guardião 11 (Guardião Velho x Safira) x 041 (Curumim, 068 do Dário, Matuto, Xodó Velha)
Relíquia = Matuto Velho x Batucada Filha (Gaiola Preta Velho x Batucada)
Preciosa = Guardião Velho x Guardiã 617 (Guardião Velho x Samanta = Curumim Velho x filha do Mato Grosso))

As demais fêmeas e machos do plantel que também merecem destaque, os leitores poderão conferir no seguinte endereço eletrônico:
www.criadourobarcelona.weebly.com


CC&T - Tem algum curió da sua criação que já tenha sido revelação ? Em caso positivo cite para nós o seu nome, genética e eventual conquista ?

IM - Devido a minha curta trajetória como criador de curió mas com muito cuidado, dedicação e critérios voltado ao PGC, criamos alguns pardos com qualidades promissoras mas teve um que se destacou dos demais, apresentamos em algumas etapas de 2009 como Jundiaí, Serca, Campinas, Vinhedo e São José do Campos, mas, infelizmente não cantou nas estacas, é possuidor de uma qualidade em termos de voz, andamento e melodia de encher os ouvidos onde, futuramente, dando continuidade ao manejo e vindo a cantar nas estacas, acredito que terá destaque nos torneios vindouros. Essa grata emoção veio a se chamar SEGREDO DO BARÇA, nascido em 04/09/2008, filho de SURUÍ x PRESENTE 016. Convido a todos para que ouçam o pardo e observar a linhagem do mesmo no seguinte endereço eletrônico: www.criadourobarcelona.weebly.com, ou se preferirem procurem no youtube, onde haverá outros vídeos do mesmo pardo.


CC&T - Como criador regularmente cadastrado no IBAMA, seja amadorista ou comercial, mas preservacionista por excelência, vc tem enfrentado algum tipo de problema no relacionamento com a Autarquia ?

IM - Olha só, é uma questão interessante. Até pouco tempo atrás estava um pouco chateado com o IBAMA devido a demora no repasse das anilhas aos criadores amadores, mas diante de alguns fatos que aconteceram e estão ocorrendo, acho que o IBAMA está certinho, infelizmente estamos pagando um alto preço pelas pessoas desonestas, mas, por enquanto, o meu relacionamento com a Autarquia é tranqüilo.


CC&T - O que pode sugerir para aqueles que estão começando ou pretendendo começar a criar curiós ?

IM - Vejam, antes de tudo tem que ser apaixonado pelo curió e pelo canto e depois pesquise, estude. Criar curiós não é uma tarefa fácil, mas ainda bem que hoje em dia temos uma ferramenta muita útil, “a internet”. Essa excelente ferramenta nos dá tudo para aprendermos sobre os mais diversos assuntos, temos muitos criadores sérios no nosso meio, procure adquirir descendentes de exemplares que tiveram resultado de alguma forma, combine com o criador em questão para fazer uma visita, veja o local de criação, como é feito o manejo, se puder, leve um amigo que possui mais experiência que você, procure criadores com boa intenção, que seja solícito e não negue as informações necessárias para o primeiro passo na criação, depois de tudo isso, adquira suas matrizes de CRIADORES LEGALIZADOS PERANTE O IBAMA e boa sorte!!!!


CC&T - Quais são as suas últimas palavras que gostaria de dizer para os nossos leitores ?

IM - Caros leitores, criar qualquer animal é uma tarefa árdua, requer tempo e adoração pelo que faz. Criar curió é uma arte e muitos desistem diante dos obstáculos que a criação nos impõe já no primeiro ano. Fica aqui o meu pedido para não DESISTIREM NUNCA!!!!!!! Só a criação em ambiente doméstico (independente da espécie de animal que pretende criar) salvará da extinção.


AGRADECIMENTOS:

Gostaria de agradecer todos os meus amigos (não vou citar nomes para não ocorrerem injustiças caso esqueça de alguém) que fizeram parte desta minha recente história com os curiós, agradeço também a você Antônio Pêcego, por estar dando essa oportunidade a nós amantes e criadores de curiós em externarmos nossas idéias, dando um embasamento às pessoas iniciantes ou não, experientes ou não que querem iniciar a criação de curió, independente do canto, preservando assim, o que nós seres humanos estamos destruindo. Agradeço também uma pessoa especial (Mônica), que hoje faz parte da minha vida, sempre me acompanhando e me dando muita força para esse meu hobby.



IBERÊ MANTOVANI, 32 anos – CRIADOURO BARCELONA

PROFISSÃO : CONTADOR – PERÍCIA CONTÁBIL - DIREITO TRABALHISTA

HOBBY : CRIADOR AMADOR DE PASSERIFORMES - CURIÓ

MORADOR NA CIDADE DE SÃO CAETANO DO SUL – SP, REGIÃO DO GRANDE ABC PAULISTA

e-mail :
iberemantovani@hotmail.com

COMENTÁRIOS DO JUIZ DE CANTO JUNICHI YONEMURA

TORNEIO DOS CAMPEÕES - PRIMEIRA ETAPA - SERCA - SÃO PAULO


Com licença dos colegas de julgamento Alexandre Osni, Darcio Botelho, Olivio Nishiura e Paulo Martinez, que brilhantemente atuaram nesta etapa, tomo a liberdade de tecer alguns comentários que refletem exclusivamente o meu ponto de vista. Devo citar que, como integrante dessa equipe de julgamento, a qual tenho orgulho de pertencer, estou, obviamente, de pleno acordo com os resultados apresentados, tendo como base, a média das pontuações atribuídas por cada um de nós, e apurados conforme o Regulamento.

Aproveitando o ensejo, parabenizo a todos que trabalharam na estrutura da apuração ‘on-line’ dos resultados, com votos que isso seja repetido na etapa decisiva de São José do Rio Preto.


CURIÓ CLÁSSICO

COM REPETIÇÃO:

A modalidade foi muito concorrida, devido às confirmações de curiós, que se classificavam com repetição, somados aos que alternavam de modalidade, bem como daqueles que se classificavam sem repetição, terem se classificado nessa.

COM MÉDIA DE NOTA: 8,30

PROFESSOR: Após passar algumas etapas em brancas nuvens, o curió fez uma boa apresentação, e lidera o Torneio dos Campeões, tendo amplas condições de conquistá-lo, para fazer a barba e o cabelo (Campeonato Brasileiro e o Torneio dos Campeões). Como dito anteriormente, é sem duvida a melhor cantoria do momento. Torcemos pela repetição da dose em Rio Preto.

COM MÉDIA DE NOTA: 8,20

MURALHA: Confirmou a sua ascensão técnica em estaca, durante o transcorrer do Campeonato, e desta vez se apresentou bem. Conforme esperávamos, passou a fazer boas apresentações, é por isso que conquistou a segunda posição.

COM MÉDIA DE NOTA: 8,17

MARAJÁ SANTO ANDRÉ: Iniciou o Torneio dos Campeões, qualificando-se na modalidade com repetição. Caso repita essa qualificação, e torcemos para que isso aconteça, poderá se classificar em posição privilegiada na competição.

RIO DO SUL: Foi muito boa, a apresentação deste, emitindo boas cantadas, firme de notas, voz boa, muito gostoso de ouvir. Será um prazer enorme ouvir esse curió repetir a sua apresentação, em Rio Preto.

COM MÉDIA DE NOTA: 7,90

GARANTIDO: Tendo em vista as apresentações melhores dos já citados, o Garantido ficou na quinta posição, todavia, nada está resolvido ainda.
Pelo potencial que possui, pode reverter a situação no próximo torneio.
Aliás, qualquer um dos acima citados possui potencial para 'virar o jogo'. Obviamente, dependerá exclusivamente da apresentação de cada um.

SEM REPETIÇÃO

COM MÉDIA DE NOTA: 7,27

LUA DE MEL: Com cantadas interessantes, arrematando a maioria, mostrou nesta etapa, a sua evolução que ocorreu ao longo da temporada. Lidera merecidamente a modalidade. Tem totais condições para conquistar o Torneio, domingo em Rio Preto, se repetir a sua apresentação. Porém tem pela frente um duro concorrente.

COM MÉDIA DE NOTA: 7,23

PLATINA: Foi muito boa, a apresentação do Platina. Emitiu várias cantadas, e também fechou muitas delas. Porém, com uma diferença muito pequena na média das notas, ficou em segundo lugar. Poderá reverter a situação domingo e sagrar-se bi-campeão do Torneio dos Campeões da modalidade. Também, por seu lado, enfrenta um curió em plena ascensão técnica, difícil de ser batido no momento.

COM MÉDIA DE NOTA:5,40

JANGADEIRO: De muito boa voz, firme nas notas alongadas que emite, iniciou a apresentação com uma boa cantada. Tem potencial para melhorar, o que poderá acontecer, quando em suas apresentações, emitir mais cantadas completas.

FRAGATA: Voz muito boa, andamento muito bom, melodioso, firme de notas, ficou nessa posição, porque se apresentou pouco.
Possui potencial para melhorar sua classificação no Torneio dos Campeões, se esbanjar a sua conhecida categoria, como demonstrada na Etapa de São José dos Campos.


CURIÓ PARDO

COM REPETIÇÃO

Também foi muito concorrida, pela evolução dos filhotes ao longo do Campeonato.

COM MÉDIA DE NOTA:7,72

EMBAIXADOR: Grata revelação de 2009, apresentou-se muito bem, emitindo várias cantadas, muito agradáveis, com destaque para a sua entrada de canto. Evoluiu muito durante o Campeonato, passando a ser repetidor. Poderá competir no próximo ano entre os Clássicos, e a convicção é de que disputará em igualdade de condições com os melhores. Por enquanto, se repetir a sua apresentação, poderá conquistar o Torneio dos Campeões, em Rio Preto.

COM MÉDIA DE NOTA:7,27

YANKEE: O Campeão da temporada com repetição, mostrou porque conquistou esse título na Temporada 2009, tendo liderado por várias etapas. Apresentou-se bem, é outro que no próximo ano deverá se classificar entre os melhores. Tem potencial para virar o jogo e se tornar o Campeão de tudo em sua modalidade.

COM MÉDIA DE NOTA:6,60

SUPIMPA: Apresentou-se bem, tem boa cantoria, iniciou sua apresentação com uma boa cantada com repetição, e durante a sua apresentação confirmou a condição emitindo outras boas cantadas, e também possui potencial para figurar entre os melhores Clássicos no próximo ano.

COM MÉDIA DE NOTA:6,40

BARACK: Também se apresentou bem, iniciou emitindo cantadas com repetição, mas ao longo de sua apresentação foi emitindo cantadas com menos repetição, inversamente ao que poderia favorecer-lhe no julgamento. (se evoluir ao longo da apresentação, deixa uma imagem melhor ao julgador). Talvez por isso, ficou nessa posição. Todavia é um bom curió, poderá melhorar a sua classificação na etapa final, e também poderá fazer boa figura entre os clássicos em 2010.

COM MÉDIA DE NOTA: 6,23

MEDALHA: Apresentou-se muito bem, emitindo boas cantadas, e melhorou muito em relação ao inicio da temporada. Está em mãos competentes, o que enseja mais melhoras para o próximo ano. Assim, deverá fazer um bom campeonato entre os clássicos em 2010.


SEM REPETIÇÃO:

COM MÉDIA DE NOTA: 5,60

ESPARTACUS: Caracteriza-se pela sua voz muito boa e apresentou-se bem, pois emitiu várias cantadas completas. Essa qualificação deu a liderança da modalidade.

COM MÉDIA DE NOTA: 5,23

JOINVILE: Boa cantoria, evoluiu ao longo do ano. Classificaria melhor, com mais apresentação. Está fora de sua modalidade, pois, é um curió de boa repetição.

COM MÉDIA DE NOTA: 4,43

XODOZINHO: Boa voz, apresentando-se tipicamente como da modalidade sem repetição, mas foi bem. Melhorará muito, se completar mais cantos.

COM MÉDIA DE NOTA: 4,27

JOHN LENONN II: Apresentação muito boa para a modalidade sem repetição.

Como todos podem perceber, várias colocações estão em aberto, e tudo será resolvido na etapa de São José do Rio Preto, que promete ser muito concorrida.

Boa sorte à todos os expositores, que vençam os melhores, e parabéns a todos que trabalham pelo sucesso dos Torneios.


JUNICHI YONEMURA